sexta-feira, janeiro 20, 2006

Tequila & Hot Chocolate

I'm a bitch, I'm a lover
I'm a child, I'm a mother
I'm a sinner, I'm a saint
I do not feel ashamed
I'm your hell, I'm your dream
I'm nothing in between
You know you wouldn't want it any other way

Quem é que entende o Homem? Se num dia estamos satisfeitos e no outro a seguir já nos parece tudo tão pequeno? Se num dia queremos uma coisa e no outro nunca a quisemos? Se pensamos numa coisa, mas o nosso coração nos diz outra? Se num dia não nos importamos com algo e no outro dia já não perdoamos nada? Se num dia estamos contentes e no outro, sem explicação aparente, estamos tristes? Se num dia somos fortes, e no outro já não temos força? Se fazemos coisas das quais nos arrependemos? E se não fazemos, e também nos arrependemos? Existe previsibilidade dentro de um ser tão estranho como o Homem? Quais são as probabilidades de essas previsões estarem certas? E a margem de erro?


Aliás, que piada teria um ser previsível? Que piada teria a vida se fossemos todos os dias iguais?

4 comentários:

manuel disse...

Cada dia é um dia novo, cada acordar é diferente.. quantas vezes estou certo de uma coisa, penso de uma forma, crio bases e principios e depois, assim de repente, mudo-as completamente e, para mim, elas deixam de fazer qualquer sentido?

a imprevisibilidade é uma característica unica, se tudo fosse previsivel que sentido teriam as nossas escolhas?

Carina (: disse...

um ser previsive perde o interesse, é tão bom haver surpresas :D se fossemos tds iguais provavelmente já nem existiriamos, as melhores caracteristicas das pessoas são as k as diferenciam das outras.
é assim k vês k alguém é especial.
concordo co manuel... "cada dia é um dia novo e cada acordar é diferente"

Ana disse...

Na imprevisibilidade é que está o fascínio!!
bjinhos!!!...

pauloabx disse...

A beleza da vida está em planear tudo para depois fazer tudo ao contrário do plano.