sábado, março 18, 2006

NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA: NOVO MERCADO AINDA POR EXPLORAR.. descoberto por mim!!!

Estava eu sentada muito bem nas urgências do hospital de S. José com o Artur, que não se estava a sentir mesmo nada bem, (eu estou bem.. :P) quando de repente se aproxima de mim um senhor com um colete da AMI...
-olhe desculpe, já ouviram falar das vantagens do cartão da ami???
olhámos para ele, ainda meio desconfiados do que é que viria dali.. e não é que ele começou para lá a despejar as vantagens todas do cartão da ami???? médico grátis, em casa!!, ambulância gratis sempre que fôr preciso (uau... é sempre bom saber isso.. assim das próximas 500 vezes que estivermos numa situação de urgência em que seja preciso uma ambulância já podemos ficar descansados porque ela é de graça.. só no ano passado foram prái uns 500 euros em ambulância..), subsídio para quando estivermos internados no hospital... enfim.. uma série de vantagens!!!!
mas enquanto ele se dedicava a enumerar estas vantagens todas eu só pensava em quem é que teve essa brilhante ideia de ir vender cartões para as urgências dos hospitais!! será que há algum estudo que prova que as pessoas quando estão assim mais fragilizadas e com dores e tal ficam mais susceptíveis de aderir a estes serviços??? e já agora.. também me lembrei de alguns outros produtos que teriam muito sucesso.. mas aviso já! estas ideias são minhas e têm direitos de autor!!

vamos lá ver.. imaginem que o francisco (nome fictício..:D) acabou de sofrer um acidente grave de automóvel e está nos cuidados intensivos, a sua situação é muito instável, imaginem lá que nem se sabe se vai sobreviver a esta ou não.. é a altura ideal para aparecer o sr. Joaquim, funcionário de uma agência funerária a explicar as vantagens dos novos caixões feitos em inox, com um interior tão confortável que até parece que estamos no céu! heim??? q tal???

hm... e isto não fica por aqui!! eu acho q devia de haver stands lá nas urgências dos hospitais com especialistas em cadeiras de rodas, próteses, associações de doentes com paralisias, sei lá.. assim iam já estabelecendo contacto com futuros clientes! as urgências dos hospitais representam um mercado enorme que ainda não começou a ser explorado decentemente, o que é uma vergonha tendo em conta a sociedade em que vivemos! aliás, é uma desconsideração por todas as pessoas que vão às urgências dos hospitais!

8 comentários:

Dalila disse...

Loli
Artur tá denti!

Ana disse...

Loli
Oh, Maria, as tuas propostas de negócio parecem-me um pouco mórbidas!... Dedica-te mas é ao Jornalismo que aí é que estás bem!!:D*

domingoz disse...

pois... já reparaste que à porta de "quase" todos os hospitais, há pelo menos uma Agência Funerária?

pauloabx disse...

Olha, que giro, eu tinha tido estas ideias todas de negócio hoje de manhã antes de ler isto. Hehe...vou ficar rico!

Bruno disse...

Paulo, não vás por aí porque tinhamos aquela ideia genial de fazer sociedade a vender frígorificos Ariston na Gronelândia aos esquimós que tanto deles necessitam... (eh eh n falei em pinguins... bolas!! Falei...)

feelipa disse...

Teresa, o cartao da AMI (ainda por cima lembra-te que a esta e uma instituicao com fins bastante dignos)rende mesmo. A Ana tirou-o. Ate me parece algo oportuna a ocasiao para angariar socios. Cada vez que tinha algum problema de saude ai em Portugal (eu, comum mortal sem ADSE ou coisa que o valha) via a minha vida andar para tras so de imaginar o dinheirao que teria que gastar em nao-sei-quantas coisas. E um seguro extremamente barato, comparado com outros.

S. disse...

/me desmancha-se a rir eheheh mt bem pensado sim senhor
mas eles agora andam em todo o lado, eu apanhei-os à porta do CCB a semana passada
Porreiro era termos um Serviço Nacional de Saúde em condições e que funcionasse bem mas pronto isto já sou eu a sonhar ^^

*

Domingos disse...

ontem deu uma cena interessante no 60 minutos (versão portuguesa) acerca dos problemas nos Estados Unidos, para o comum cidadão, sem seguro médico, que chegava a pagar 2-10x mais que um outro cidadão, com seguro, para o tratamento do mesmo problema... deram lá exemplos de um cota que ficou 18 dias no hospital, 14 deles nos cuidados intensivos, e recebeu uma conta de 240+ mil dollars!!