segunda-feira, abril 10, 2006

A saga continua...

Depois de termos visto o que se passou no Iraque, agora é a vez do Irão.
Será uma perseguição cega aos países do médio oriente? ou será que a intenção dos estados unidos é mesmo boa? é que depois de tanta coisa já nem sei no que acreditar..

hoje em dia todos temos conhecimento de casos em que a foi usada a manipulação para enganar os outros e que muitas vezes (serão todas?) aquilo que se diz não é propriamente aquilo que realmente é. o pior é que se formos a tentar pensar muito nisso, caímos no risco de nos tornarmos um bocado cépticos de mais e de nunca acreditar em ninguém. e o pior disso tudo é que se quisermos viver em paz, sem ter medo que de um momento para o outro estale a 3º guerra mundial, temos de confiar uns nos outros e não apenas naquilo de que nós dispomos.

a ideia de relações internacionais está completamente distorcida. vemos isso em todo o lado. o seu único objectivo, neste momento, parece ser tentar esconder dos outros umas ideias, dando a aparência de outras, acabando por se manter, sabe-se lá até quando, uma espécie de paz, que acaba por não ser paz, porque há sempre a incerteza quanto ao futuro.



Para quem quer estar a par das últimas:
US dismisses Iran attack claims

10 comentários:

S. disse...

O Irão cometou um "erro fulcral" que foi não se querer submenter à prepotência e tentativa de hegemonia mundial dos EUA e isso bastou para o colocar no eixo do mal. Nem sequer estou a por em causa se os governantes do Irão são bons ou não mas sim o simples facto de os EUA pensarem que podem estipular quem são os bons e maus da fita. A simples ingerência do Bush e seus comparças em questões que apenas dizem respeito à população dos países é ultrajante.
Não acredito que os states tentem algo contra o Irão. Mas também sei que apenas não o fazem porque não têm condições para o fazer. Para além de estarem a lutar (e perder) em duas frentes, têm a oposição a ganhar terreno capitalizando o descontentamento da população, têm um orçamento com um defice que ronda os 2 mil milhões de euros por dia (!!!) para além de outros aspectos politicos.



P.S. Dá uma vista de olhos ao que se está a passar na Bielorrusia
P.S.S. Vemos que a sociedade está mal quando lideres de inumeros paises denominados de "desenvolvidos" (entre os quais Portugal) vêm publicamente afirmar que viram provas irrefutáveis de que havia armas de destruição maciça no Iraque (Durão Barroso chegou a afirmá-lo na Assembleia da Republica) e depois quando a verdade vem ao de cima (e acaba smp por vir) limitam-se a afirmar que afinal aceitaram participar numa guerra com base em suposições. E tudo isto sem nenhuma punição, com as pessoas simplesmente a aceitarem o facto de que eles mentiram e agora bora lá ver os morangos. Viva a alienação ;)

S. disse...

desculpa o comment ser tão extenso (e acredita que ainda havia outras coisas que queria dizer) mas é dificil ver estas coisas e deixar passar

Anónimo disse...

relaçoes internacionais....
tipo james bond? :P

*

domingoz disse...

isto é como o outro que diz "os extremistas deveriam ser todos mortos" ou, ainda, "vamos matar os terroristas".

manuel disse...

como combater o extremismo com o extremismo?
olho por olho e o mundo estaria cego!

Tetracloro disse...

Fui contra a guerra no Iraque. Mas esta é do mal o menos. Um presidente que se recusa a admitir que houve holocausto munido com uma bomba atomica, não terá rodeios em usá-la. Contra os Israelitas.

É inevitável, se não forem os Estados Unidos é Israel.

Beijinhos.

feelipa disse...

eu acho que essa malta toda precisava era de um bom jogo de computador para se entreter (sei la, ha para ai tantos ... age of empires, qualquer coisa). e deixar os assuntos do mundo para pessoas mais sobrias.
por favor, eu posso dizer o maior disparate do mundo. palavras ofendem, ok. magoam, ok. mas ... hellooooo?
sinceramente, quero la saber o que ele pensa sobre o holocausto.
imaginem que um dia estavam muito bem na vossa casa e tinham que sair para dar lugar a uns quantos homeless porque a sua familia ha duzentos anos atras tinha morado no espaco que hoje e a vossa casa? ainda por cima, quando tambem a VOSSA familia la tinha morado. Que raiva teriam contra os que decidiram fazer justica deste modo? Ainda por cima uma cambada de ricos negociantes que podia fazer negocio em qualquer lado (para mais esclarecimentos consultar "Formacao do Estado de Israel").

domingoz disse...

e já que consultam a Formação do Estado de Isreal, consultem também, o que eles fizeram aos árabes que, na altura, viviam por essas terras.

S. disse...

tetracloro para além não estar provado que o irão possui bombas atómicas ao contrário de outros países tais como os EUA ou Israel, gostaria de te lembrar que o Irão assinou o acordo de não proliferação (ao contrário de p.e. Israel). Por falar em pessoas munidas de bombas atómicas ainda há uns dias atrás vinha o presidente francês afirmar que se achava na legitimidade de usar material nuclear em caso "preventivo" ou seja caso existissem "provas" de que um país era inimigo da França e que a pretendia atacar.(ouvir isto de quem decidiu aliar-se aos invasores do Iraque com base em provas que nem existiam é preocupante)
Já para não falar de todas as armas nucleares que foram utilizadas no kosovo, guerra do golfo e assim pelos nossos "aliados" e que deixaram marcas nas populações que vão durar milhares de anos.

relativamente à questão israel-palestina acho que nem vale a pena falar muito. Quando um povo é obrigado a viver na miséria durante anos e a defender o seu pequeno pedaço de nada com pedras e paus só porque Israel não lhes reconhece a autodeterminação fica tudo dito.

manuel disse...

Viva a guerra preventiva!